Futuro

Muitas vezes se pensar somente no futuro pode causar um certo desolamento. Como aquelas pessoas que vivem a guardar dinheiro pois, com toda certeza este é necessário o ter, mas não se deve viver em função dele. O tempo é o agora. Não adianta guardar tantos tesouros que ladrões e traças irão arrebatar sem piedade…

Roubo

E de repente a mala desapareceu. Um instante de desatenção e a mesma foi roubada. O brasil não conhece o brasil. O que se há de fazer? Procurá-la neste caso é como comer requentado. Tentar ganhar a São Silvestre correndo apenas no dia. E assim se deu o roubo da mala e seus pertences, questão…

Carne

Na carne a navalha. Plínio Marcos a suspeitar. No barbeiro a navalha, fica-se imóvel na cadeira. Na mão do médico o bisturi que não permite erros, enquanto os familiares esperam ansiosos pelo resultado da cirurgia. Água de colônia ou água de cheiro como preferem alguns. A barba está feita. pronto! Você já não se parece…

Sozinho

Ele estava de pé junto a mãe que não estava mais morta. Ao lado deles muitas malas. Não se sabe pra onde iriam viajar. Por hora, estavam apenas esperando um ônibus circular. Um ônibus se aproxima, porém é escolar, abarrotado de crianças e freiras. Uma delas até muito simpática sorri pra ele. Ele me disse…

Macabro

O que se desconhece, não é sempre macabro. Porque então esta mania de achar que tudo do que muito pouco ou, quase nada se sabe é macabro. Adolescentes hoje em dia usam muito a palavra macabro para denominar suas artimanhas, e ele sabem muito bem o que estão fazendo. Seria o saci macabro? E quem…

Poeira

A poeira já tomava conta do apartamento. Poeira de dias, semanas, meses e anos. Seus donos já não se importam. Tanto que um deles já nem banho toma, apenas quando sai, e saia muito pouco. Seus dentes estavam apodrecendo pois, também não se importava com a higiene dos mesmos. Hoje uma planta acordou morta, morta…